Translate this Page




ONLINE
2





Partilhe esta Página






Dicas sobre Manutenção Preventiva Veicular
Dicas sobre Manutenção Preventiva Veicular

 

Manutenção Preventiva Veicular

 

Dicas sobre manutenção preventiva veicular

 

Manutenção preventiva veicular feita em uma base regular irá assegurar o bom funcionamento do automóvel e certamente irá evitar que sérios problemas mecânicos se desenvolvam no futuro. A filosofia de manutenção preventiva pode muito facilmente se aplicar a um veículo a motor. A checagem e a manutenção regulares das áreas mais importantes que estão envolvidas na operação de um carro ou caminhão provavelmente irão evitar a ocorrência de problemas mecânicos mais dispendiosos posteriormente. Os itens que devem ser verificados em uma base regular estão listados abaixo:

 

Óleo:
A troca de óleo é essencial de seis em seis meses, ou a cada cinco mil quilômetros rodados. Isto assegura o bom funcionamento do motor.

 

Fluidos:
Verificar todos os fluidos regularmente. É necessário verificar o óleo, o anticongelante, o fluido de direção e o fluido de freio regularmente. Também é uma boa idéia checar o fluido do limpador. É de extrema importância que o carro fique sem óleo ou fluídos, pois isto pode destruir o motor. O fluido anticongelante deve ser alterado uma vez a cada dois anos.

 

Fluido de transmissão:
Este é um fluido importante para o funcionamento do carro e deixar de substituí-lo quando necessário pode resultar em alguns mais reparos caros futuramente. A quantidade deste líquido também é medida por um indicador. O motor deve estar em execução ao fazer este procedimento. Se o nível de líquido cai abaixo do limite "aceitável", deve-se colocar mais fluido de transmissão no motor do veículo.

 

Refrigeração:
Este suprimento deve ser verificado regularmente, e se o nível no reservatório que contém esse líquido estiver baixo, em seguida, a adição de maior quantidade de refrigerante é algo indicado. Um suprimento anticongelante deve ser usado durante o tempo extremamente frio, já que o uso de água pura pode dar resultados ineficazes.

 

Rodas:
Verifique a pressão dos pneus, pelo menos uma vez por semana. Compre um calibrador de pneus simples, então é só colocá-lo na haste da válvula para obter uma leitura. A quantidade de pressão nos pneus deve estar calibrada, sendo que a baixa pressão é perigosa porque pode causar perda de controle e explosões. É preciso também verificar se os pneus apresentam desgaste desigual. É também importante trocar as pastilhas de freio regularmente.

 

Filtro de ar e bateria:
Outros dois fatores importantes a verificar são o filtro de ar e a bateria. A bateria durará geralmente cerca de cinco anos ou mais. É ideal checar a bateria para ver se há alguma corrosão em torno dos cabos da bateria ou da própria bateria. O filtro de ar é o que mantém o ar que corre através do motor totalmente limpo. O filtro pode ficar muito sujo, e substituí-lo vai fazer com que o carro funcione melhor. Muitas vezes, o filtro de ar está em uma caixa de plástico perto da frente ou no meio do motor com um ou dois fixadores para mantê-lo fechado.